» Previsão do Tempo
23 de Fevereiro de 2018
Seja bem vindo ao Portal Sananduva.
picture
Empresas
picture
Entidades
picture
Notícias
picture
Eventos
picture
Turismo
» Notícias

RS é o 2º estado com mais rodovias em péssimas condições

01/06/2016

O Rio Grande do Sul é o segundo estado do país com maior número de rodovias em péssimas condições. É o que diz um relatório da Confederação Nacional do Transporte (CNT). Segundo o levantamento, os maiores problemas das estradas são de pavimentação e sinalização. O estado de Minas Gerais lidera no ranking.
Trechos esburacados, vegetação que compromete a visibilidade e falta de acostamento são apenas alguns dos problemas das rodovias. São situações que ameaçam a segurança de muitos motoristas. Um trecho da RS-377, em Capão do Cipó, na Região Central, está com um buraco de dois metros e meio de largura. Alguns chegam a 30 centímetros de profundidade.
O levantamento da CNT, mostra que, em 2013 o estado tinha 4.035 quilômetros de rodovias em boas e ótimas condições. Em 2014, esse número baixou para 2.688 e no ano passado caiu mais ainda, fechando 2015 com pouco 2.283 quilômetros em boas e ótimas condições.
Na contramão, os trechos ruins e péssimos no estado dobrou. Em 2013, eram 891 quilômetros. O número subiu bastante em 2014, chegando a 1.288 quilômetros e continuou em alta em 2015, passando para 2.111 quilômetros de rodovias nessas condições.
"Quanto menos manutenção e quanto mais buracos tivermos nas rodovias, maiores as chances de acidentes que os motoristas enfrentam. Isso é muito mais perigoso para o motorista e muito mais trabalho para a polícia”, analisa o inspetor da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Alessandro Castro.
O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) diz que tem conseguido retomar os programas de manutenção e recuperação de rodovias, em 2016, com maior intensidade do que o ano passado. E que tem buscado, junto ao governo estadual, recursos para a melhoria dos serviços de manutenção das estradas.
Quanto aos buracos no trecho da RS-377, em Capão do Cipó, o Daer também informou que por causa de um acidente na Refinaria Alberto Pasqualini, o fornecimento de asfalto está suspenso desde abril. Ainda segundo o Daer, a estrada passa por um programa de recuperação total do asfalto. Uma empresa foi contratada, e as obras terão início após uma revisão no projeto, que tem como objetivo dar mais durabilidade ao asfalto recuperado.
Fonte: Rádio Sananduva

» Comentários
Você precisa estar logado no Facebook para poder comentar.


© Copyright 2018.Todos os direitos reservados para
Portal Sananduva - Sananduva - Rio Grande do Sul - Brasil